União libera mais R$ 10 milhões para a torre do aeroporto

Compartilhe;

Sumido de suas redes sociais havia seis dias, desde que veio a público o suposto esquema de corrupção na compra da vacina indiana Covaxin, o deputado federal Ricardo Barros (PP) voltou a postar ontem para informar que o governo federal liberou mais R$ 10 milhões a serem direcionados para implementar e modernizar a torre de controle do Aeroporto Regional de Maringá. Segundo ele, a nova torre vai ter toda condição de pouso e decolagem para as aeronaves, com segurança e agilidade. Líder do governo Bolsonaro na Câmara, Barros garante que “Maringá terá a torre mais moderna e atualizada tecnologiccamente do Brasil”. O aeroporto passa por um processo de modernização. Os custos dos projetos, incluindo ampliação da pista, do terminal de passageiros e torre de controle, são de R$150 milhões. O terminal de passageiros, por exemplo, vai dobrar de tamanho, passando a contar com três fingers (túneis) de embarque, quatro elevadores, quatro escadas rolantes e duas esteiras para malas. As obras fazem parte do Planejamento Estratégico da gestão municipal.


Compartilhe;