Samira de Castro vai comandar a Federação Nacional dos Jornalistas

Compartilhe;

A Fenaj se prepara para eleger a nova direção da entidade, com a jornalista cearense Samira de Castro (foto) disputando em chapa única a presidência da federação. A eleição está marcada para os dias 26, 27 e 28 de julho. É a chapa “Unidade na luta – Em defesa do Jornalismo, dos Jornalistas e da Democracia”. A promessa é de uma gestão de resistência contra o avanço das tentativas de calar a imprensa, tendo na figura do presidente Jair Bolsonaro o principal estimulador da prática fascista. Também serão eleitos os novos membros da Comissão Nacional de Ética (CNE), em candidaturas individuais. A Fenaj é a única federação sindical que faz eleições diretas para eleger a diretoria e a CNE. A votação será totalmente eletrônica e on-line. Não é a primeira vez que uma mulher vai presidir a entidade, mas, pela composição da diretoria executiva ainda se vê que a paridade de gênero está longe de ser alcançada, pois das oito pessoas no colegiado apenas três são mulheres, incluindo a própria Samira. A Fenaj, com quase 76 anos, tem uma história de luta conjunta em defesa da democracia brasileira, além de participação em outros episódios importantes da trajetória política da Nação. Durante a Assembleia Nacional Constituinte, no processo de redemocratização do país, coordenou a Frente Nacional por Políticas Democráticas de Comunicação. A Frente foi formada para garantir dispositivos legais que perpetuassem estímulos à democratização da informação.


Compartilhe;