Roupeiro, a ONG amiga das gestantes, idosas e famílias

Compartilhe;

A haitiana Sophiane Vital e mais duas gestantes na oficina de artesanato do Roupeiro

Com quase 50 anos de existência, o Roupeiro Santa Rita de Cássia, mantido pelo Centro Social Maria Tîlio, atua em Maringá na área social atendendo a gestantes, idosas e famílias. Sem dinheiro público, a entidade, instalada no Jardim Cidade Monções, depende de doações para continuar oferecendo o serviço. Entre costureiras, tricoteiras e crocheteiras, são os voluntários que ajudam a confeccionar peças para o enxoval de bebê. A ONG doa enxoval a cerca de 300 gestantes por ano, além de roupas, sapatos e acessórios a crianças de zero a doze anos. Também atende a idosas por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV). Ao todo, são atendidas perto de 500 famílias, o que resulta em torno de duas mil pessoas assistidas anualmente. A pandemia afetou os serviços do roupeiro, mas ele não deixou de atender a quem mais precisa. Faça como os estudantes da Liga Acadêmica de Pediatria do Centro Universitário Ingá. Formada por alunos do curso de Medicina da Uningá, a Lapeduninga divulgou, nesta semana, em suas redes sociais, o trabalho do roupeiro. A Laped da Uningá divulga e promove eventos na área de pediatria e dá explicações sobre doenças, como a Diabetes Mellitus em crianças.


Compartilhe;