Restaurado, Painel do Café ficará no Calil Haddad

Compartilhe;

Fotos: Aldemir de Moraes e Mileny Mello, da PMM

A obra Painel do Café, da década de 1950, foi totalmente restaurada pelo município após ficar por anos em uma sala de loja comercial, inclusive com furos por perfuração de parafusos. O painel, formado por azulejos, representa uma cena de colheita de café. Mede 2,40 m de altura por 7,95 m de largura. A área total é de 19,08 m². O autor é Waldemar Moral, do Atelier Artístico Moral, da cidade de São Paulo. A obra foi encomendada pelo ex-prefeito e empresário de Maringá, Américo Dias Ferraz, e foi instalada originalmente no Bar Columbia, que ficava na avenida Getúlio Vargas (Ipiranga, na época).

O Bar Colúmbia fechou e o prédio passou por vários comércios ao longo das décadas. O local onde o Painel do Café ficava se transformou em depósito de uma loja e o equipamento, que foi tombado por lei municipal, estava se deteriorando. Uma empresa de São Paulo foi contratada em 2017 e retirou as 848 peças do painel para restaurá-las.

Agora, a instalação do Painel do Café está sendo feita no Teatro Calil Haddad. Todo o trabalho de restauração e definição do local de instalação teve acompanhamento da Comissão Especial de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural de Maringá.


Compartilhe;