Repercutiu até na Argentina

Compartilhe;

A notícia de que a UEM desenvolveu um software capaz de detectar a Covid-19 em 3 segundos, a partir da saliva, repercutiu até na Argentina. Com atuação na tríplice fronteira, incluindo a circulação em Foz do Iguaçu, o site “La Voz de Cataratas” publicou a informação na manhã desta segunda-feira (21). Na linha fina abaixo da manchete, o veículo enfatiza se tratar de uma tecnologia sem precedentes no mundo, utilizável em massa, gerada em parceria com a empresa Gluco Scan e que a Anvisa já foi notificada sobre o produto. Até esta segunda, a notícia sobre a criação do “SpectroCheck” tinha sido publicada em mais de 70 veículos de comunicação do Brasil, em todas as mídias. A invenção foi anunciada na última sexta-feira. O teste consiste na aproximação de um aparelho portátil, com o software, que, apontado para a língua, emite um raio infravermelho, indolor, que transforma em gráfico digital a leitura da espectrometria de massa.


Compartilhe;