Renan vai para cima de Ricardo Barros

Compartilhe;

Foto: Futura Press/Folhapress

Por Diego Escosteguy, do blog “oBastidor”

O relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros, disse a aliados que intensificará nos próximos dias os ataques ao líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, implicado no caso Covaxin. O senador quer desestabilizar Barros antes do depoimento do deputado à comissão, na próxima semana.

Enquanto a CPI vasculha possíveis vínculos de Barros com as suspeitas no contrato da Covaxin, Renan pretende explorar as benesses recebidas pelo deputado graças à aliança do Jair Bolsonaro.

Um dos principais flancos de ataque é Cida Borghetti (foto), mulher do deputado. Recentemente, ela ganhou um cargo no conselho de Itaipu. Ganhará R$ 30 mil para ter uma reunião por mês. É o típico mimo político que mostra o prestígio de quem o recebe.


Compartilhe;