Relatora da reforma política quer debate sobre cotas para mulheres

Compartilhe;

A proposta de reforma eleitoral em andamento no Congresso Nacional vai pautar debates sobre as vagas cativas para as mulheres no Legislativo (cotas), os mandatos coletivos e a unificação das eleições após consulta popular por plebiscito. Ao menos esta é a sugestão da deputada federal Renata Abreu (Podemos), que, como relatora da matéria, está definindo um plano de trabalho contemplando a discussão acerca destes temas. As mudanças irão valer para as próximas eleições se forem aprovadas na Câmara e no Senado até outubro.


Compartilhe;