“Quem não deve não teme”

Compartilhe;

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), diz que CPI do Bolsolão não deve ser barrada: “quem não deve não teme”. A declaração soou como mais um sinal de afastamento de Bolsonaro, como observa o escritor e jornalista carioca Fernando Soares Campos. Para o vice, é necessário esclarecer se o processo de compra de apoio de parlamentares está “dentro da legalidade”. Mourão ainda reconheceu que uma CPI pode causar danos ao governo, mas não se mostrou preocupado.


Compartilhe;