Parecer da Codem mantém um homem na chefia da Delegacia da Mulher

Compartilhe;

A Coordenadoria das Delegacias da Mulher (Codem) deu parecer contrário pela transferência de Karen Friedrich Nascimento do Nucria para a Delegacia da Mulher de Maringá, o que, na prática, mantém tudo como está: Rodolfo Vieira Nunes continua na chefia da DM. A informação é do Blog do Rigon. Com isso, a mobilização política do Fórum Maringaense de Mulheres em prol de uma mulher na DM, e não um homem, independentemente de quem seja o titular, volta à estaca zero. O parecer é uma resposta à nota de repúdio emitida pelo Fórum de Mulheres. A Codem se manifestou no dia 15 de junho. O parecer foi encaminhado ao delegado-chefe da Divisão de Policia Especializada, Alexandre Macorin de Lima. Para a Coordenadoria, o repúdio demonstrado pela ONG maringaense ocorreu “em fato baseado unicamente em seu gênero e em suposição, não confirmada por pesquisas cientificas, de que tal fato desestimula diretamente a formalização de denúncias”. Neste caso, a Codem se refere à ponderação feita pelo Fórum de Mulheres de que uma delegada na DM deixaria a mulher em situação de violência mais acolhida para relatar a agressão sofrida, seja um estupro, uma agressão, um assédio ou outras formas. A Codem se contrapõe ao argumento dizendo que “por óbvio, não defendemos a superioridade do homem sobre a mulher no desempenho da função de chefe de unidades policiais especializadas no atendimento a mulheres ou em qualquer outro aspecto. Somos pela igualdade, pela equivalência de valores e pela não discriminação, o que inclui não desprezar que toda a sociedade, qualquer que seja o seu gênero, participe de forma ativa no combate violência sobre as mulheres”. O parecer é assinado pela delegada Ana Cláudia Machado, titular da Coordenadoria das Delegacias da Mulher. A delegada Karen Nascimento comanda há três anos o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria) na cidade.


Compartilhe;