Pode ter sido tentativa de queima de arquivo

Compartilhe;

Foto: André Almenara

Para alguns observadores, a tentativa de homicídio de um jovem na frente do estádio Willie Davids, na avenida Prudente de Moraes, sábado, pode ter sido uma tentativa de queima de arquivo. Identificado como Everton Mariano de Lima, o rapaz, de 24 anos, estava na mesma casa onde foram mortas no mês passado as jovens Janine Naomi Ferreira e Thainara Moraes. Elas foram atingidas por mais de 10 tiros na madrugada de 30 de maio numa residência no Jardim Paulista, região dos conjuntos Requião e Guaiapó. Janine tinha 20 anos e Thainara, transexual, 18.  Foi preciso uma vaquinha organizada por amigos para custear o translado e o enterro das duas. O caso foi visto como feminicídio e crime de ódio. A polícia segue investigando os crimes. Everton foi ferido com facadas no pescoço. Está hospitalizado em estado grave. O agressor fugiu.


Compartilhe;