Oposição vai unir esforços por vacina, auxílio de R$ 600,00 e impecheament

Compartilhe;

Presidentes e líderes de nove partidos de oposição no Congresso Nacional lançaram documento se comprometendo a lutar juntos para forçar o governo Bolsonaro a retomar o pagamento de R$ 600,00 de auxílio emergencial e definir um plano eficaz de vacinação nacional contra a Covid-19. Eles também irão se empenhar para que sejam apuradas nas CPIs as responsabilidades do governo federal na pandemia. Para isso, querem convocar a Plenária Nacional do Impeachment, reunindo os autores dos mais de 100 pedidos de cassação do atual mandato presidencial. Os partidos manifestam desagravo ao senador Randolfe Rodrigues (Rede), autor do requerimento da CPI da Pandemia, pelas agressões e incitações à violência contra ele desferidas pelo Presidente da República. Assinam a nota oficial lançada na terça-feira (13) as siglas:

REDE Sustentabilidade (REDE)

Partido Comunista do Brasil (PCdoB)

Partido Democrático Trabalhista (PDT)

Partido Socialista Brasileiro (PSB)

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)

Partido dos Trabalhadores (PT)

Partido Verde (PV)

Cidadania

Unidade Popular (UP)


Compartilhe;