Obra na praça é símbolo da resistência

Compartilhe;

´Fotos: Diretoria de Imprensa da Prefeitura de Maringá

Inaugurada na semana passada, a obra ‘Magó, o feminino é sagrado’, representa um símbolo de resistência e pelo fim da violência contra todas as mulheres. O monumento está na Praça Todos os Santos e foi construído pelo coletivo Kókir por iniciativa dos artistas plásticos Sheilla Souza e Tadeu dos Santos Kaingang, com apoio da Secretaria de Cultura de Maringá, por meio do Prêmio Aniceto Matti. A obra é composta por uma estrutura em forma de chama, produzida com cimento, cerâmica, mosaico e plantas. A peça que compõe o centro da intervenção tem dois metros e setenta de altura por dois metros de largura. Maria Glória Poltronieri Borges foi morta em uma chácara em Mandaguari, em janeiro de 2020. O feminicídio chocou o Paraná e gerou protestos pelo fim da violência contra a mulher em vários países.


Compartilhe;