O calote está legalizado

Compartilhe;

Com a aprovação da PEC dos Precatórios pela Câmara dos Deputados ontem, o calote sobre o pagamento de dívidas do governo está oficializado. Não há outra definição. Neste caso, o cano passa de R$ 60 bilhões. É a triste realidade de um governo que, sem competência (ou sem vontade) para melhorar a saúde financeira do Estado mediante revogação de renúncias fiscais comprovadamente inócuas ou mediante elevação de receita via cobrança sobre grandes fortunas, por exemplo, opta por não pagar as dívidas determinadas pela justiça. Medidas como estas trariam arrecadação de sobra para, aí sim, implementar programas sociais. Resta a esperança de que o Senado Federal mude alguma coisa da PEC. Ou mesmo o Supremo Tribunal Federal. A esperar.


Compartilhe;