Novo decreto fecha comércio aos sábados e domingos

Compartilhe;

Desde a ampliação do toque de recolher para vigorar a partir das 20 horas desta sexta-feira em diante, as restrições em Maringá por conta da pandemia serão ainda mais severas a partir do final de semana, quando somente serviços estritamente essenciais, entre eles supermercados, terão a permissão para funcionar. Bares e lanchonetes, comércio em geral e os shoppings deverão fechar aos sábados e domingos. O decreto começa a valer na sexta-feira (28). Já para este sábado e domingo, dias 29 e 30 de maio, poderão abrir, entre outros, somente farmácias, distribuidoras de gás, postos de combustíveis, clínicas médicas e veterinárias (urgência e emergência), laboratórios de análises clínicas, radiologia e congêneres, indústrias, serviços de telecomunicações e de Tecnologia da Informação, e de processamento de dados. Nos próximos dois sábados e domingos e no dia 3 de junho, bares, lanchonetes, food trucks, sorveterias, pizzarias, petiscarias, lojas de açaí, carrinhos de lanches e similares poderão funcionar apenas por delivery até às 23 horas. Nas mesmas datas ficará proibida a utilização de áreas públicas como praças, complexos e quadras esportivos, além das pistas de caminhadas dos bosques e parques. Fica proibido o consumo de bebidas alcóolicas em espaços de uso público ou coletivo entre 20 horas e 5 horas, inclusive em estabelecimentos comerciais. Em nenhum dia da semanaDevido à ampliação do toque de recolher, a partir de sexta-feira (28) veículos e pessoas não poderão circular nas ruas das 20 horas às 5 horas da manhã seguinte. Publicado no final desta tarde, o decreto vale até o dia 11 de junho. Em geral, ele está em consonância com as determinações do governo estadual baixadas ontem para entrar em rigor também na sexta, 28.


Compartilhe;