Motos respondem por mais da metade dos acidentes em Maringá

Compartilhe;

Foto: Carina Bernardino

Embora Maringá têm apenas 18% de motos em relação aos 300 mil veículos cadastrados, os acidentes sobre duas rodas respondem ainda por mais da metade das mortes no trânsito. Os dados foram apresentados hoje pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), que coordenada a Semana Nacional do Trânsito na cidade. Além do secretário Gilberto Purpur, também falou o gerente de Educação no Trânsito, Rafael Martins. Ambos foram à Câmara de Vereadores à convite do vereador Alex Chaves (MDB). A vereadora Professora Ana Lúcia (PDT) enfatizou a importância de interligar os trechos de ciclovias e implantar o Plano de Mobilidade. Uma questão comentada foi o respeito à faixa do pedestre. Uma conclusão da Semob é que a distração do pedestre, muitas vezes diante do celular, acaba desestimulando os condutores a parar corretamente na faixa do pedestre.


Compartilhe;