Idosos terão ajuda para reconhecer fake news

Compartilhe;

Foto: Agência AFP

“Fake news: reconhecimento e atitudes para fazermos a diferença” é o nome do curso online preparado pela Universidade de São Paulo (USP). O público alvo são pessoas com mais de 60 anos. O objetivo é promover a educação midiática desta faixa etária, apresentando atitudes e práticas que possam contribuir para reduzir a disseminação das notícias falsas pela Internet. Oferecido pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, o curso poderá ter participantes de todo o país, com aulas de 2 de agosto a 3 de setembro, às terças e quintas-feiras, das 15 às 17 horas. Além de 60 anos, o interessado ou interessada precisa de um smartphone com sistema operacional Android 7.0 ou superior e ter acesso à internet. O curso também vai oferecer conhecimentos que permitam novos comportamentos em situações como uso de aplicativos de comunicação instantânea (Whatsapp, Signal e Telegram), comunicação pelas redes sociais (Facebook e Instagram) e acesso às plataformas como YouTube e Google Search. As vagas são limitadas a 30 pessoas. As inscrições vão até 30 de julho pelo site do Sistema Apolo da USP. Se o número de interessados for maior que o de vagas, as matrículas seguirão a ordem de inscrição.


Compartilhe;