Fruet e Ulisses defendem tarifa zero incorporando o vale transporte

Compartilhe;

Debate na Câmara Municipal sobre o futuro do transporte coletivo urbano

No debate ocorrido na sexta-feira à noite, em Maringá, o deputado federal e ex-prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), e o prefeito de Maringá, Ulisses Maia (PSD), foram consensuais de que se as prefeituras conseguir canalizar ao menos parte dos recursos pagos ao trabalhador a título de vale transporte, daria para zerar a tarifa e oferecer o transporte gratuito a toda a população. Quando era prefeito, Fruet apresentou projeto para a Frente Nacional de Prefeitos, da qual Ulisses é hoje o 2º secretário, visando dar uma nova visão ao vale transporte. A proposta seria utilizar os recursos do vale na integralidade para bancar o transporte coletivo e, com isso, chegar ao custo zero da tarifa. Ulisses disse que seu projeto também é zerar a tarifa em Maringá, numa medida que passaria pela incorporação de parte do dinheiro pago pelo empresário como vale transporte. Os dois foram consensuais de que o futuro do transporte coletivo urbano depende das verbas do tesouro nacional para custear o sistema. Outro entendimento de Fruet e Ulisses é que este futuro ainda passa pela preocupação em colocar em circulação veículos menos poluentes, como por exemplo os ônibus elétricos. O debate foi mediado pela vereadora Professora Ana Lúcia Rodrigues (PDT), organizadora do evento, realizado na Câmara Municipal.


Compartilhe;