Ex-prefeito de Londrina é condenado à prisão

Compartilhe;

O ex-prefeito de Londrina, Homero Barbosa Neto, foi condenado pelo juiz Juliano Nanuncio, da 3ª Vara Criminal da cidade, a quatro anos de prisão. A informação foi publicada hoje pelo Blog do Tupan, de Curitiba, a partir de uma postagem no Facebook feita pelo também exprefeito londrinense Antonio Belinati. Barbosa Neto teria autorizado um aditivo com a empresa Proguarda para limpeza de prédios municipais, em 2010. O valor adicionado ao contrato foi de R$ 955 mil cinco meses após a assinatura do tratado apenas. À época, o ex-prefeito alegou que houve aumento de trabalho. Barbosa (PFT) vai cumprir a pena em regime aberto, não podendo se ausentar da comarca por mais de sete dias sem autorização. Ele e outros condenados pelo esquema também devem prestar serviços comunitários. Além dele, o ex-secretário de Gestão Pública, Marco Cito, o ex-procurador do Município, Fidelis Canguçu, e responsáveis pela empresa foram condenados pela sentença proferida na última terça-feira (15). Barbosa Neto é jornalista de formação. Ao se graduar em 1989 pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), recebeu medalha e láurea acadêmicas como o melhor aluno do curso de Comunicação Social da instituição.


Compartilhe;