Debate na UEM. Talvez o único

Compartilhe;

Numa campanha curta, de cerca de 40 dias apenas, a campanha para eleição à Reitoria da Universidade Estadual de Maringá (UEM) será prejudicada também por falta de debates. Em princípio, apenas um acaba de ser agendado. Será no dia 10 de agosto, uma quarta-feira, seis dias antes da votação (se houver segundo turno, ocorrerá dia 30 de agosto). Debate é sinônimo de espaço democrático, com regras definidas e oportunidades de apresentação de propostas, esclarecimentos e questionamentos. Tudo indica que, pelo andar da carruagem, o do dia 10 será o único, num único horário somente, às 15h30. Local: Restaurante Universitário. Quatro candidato(a)s disputam o cargo: Luiz Carlos Gomes (reitor) e Dennis Bertolini (vice); Leandro Vanalli (reitor) e Gisele Mendes (vice), Ednéia Rossi (reitora) e Reinaldo Camacho, e Débora Sant’Ana e Kerla Mattiello.  Representam a chapas 1, 2, 3 e 4, respectivamente. O debate está sendo organizado pelo Sindicato dos Docentes da UEM (Sesduem), junto com a associação dos funcionários (Afuem) e dos docentes (Aduem). O Sinteemar, sindicato que representa os trabalhadores das escolas de Maringá e região, ainda não confirmou participação.


Compartilhe;