Conselho faz 25 anos com ideias lançadas, entre elas a criação do curso de Turismo na UEM

Compartilhe;

Foto publicada no site “Maringá.Com”

Um Jubileu de Prata – Cultivar a Memória faz a Diferença!

Aprendemos que a Memória é feita pelo legado do passado e propósitos com o futuro sustentável, devidamente registrados em documentos.
Em 18 de abril de 1997, foi criado pela Lei nº 4387 o CMTUR-Conselho Municipal de Turismo de Maringá, um dos primeiros do Brasil e que está completando 25 anos de sua criação – o Jubileu de Prata!
Este fato marcante para o Turismo inspirou a RETUR – Rede de Turismo Regional, por meio do Conselho Municipal do Turismo, a propor ao então vereador Ulisses Maia a criação do Dia Municipal do Turismo, que resultou na conquista da Lei 9689/2014.
Os anos passam e vivemos na atual gestão de Maringá um momento diferenciado na Gestão do Turismo, com uma forte equipe comandada pelo Secretário Marcos Cordiolli. O que mudou?
Uma atuação estratégica com visão da Maringá Turística como Polo Indutor do Turismo Regional, alavancando a região do Setentrião Paranaense, somando atrativos e serviços, buscando investimentos e novas estruturas – praticando a inteligência da cooperação.
Em recente reunião com Marcos Cordiolli, a Presidente da RETUR, Wanda Pille, foi instigada a resgatar ideias que foram formuladas ao longo do tempo.
Diante do novo momento, mostraremos algumas:
 A percepção pela vocação turística gerou a Marca Maringá Turística, a qual já foi tema do desfile cívico no aniversário de Maringá no ano de 2015, com o público contagiado com a canção Maringá Turística, da nossa personalidade cultural, Ronaldo Gravino;
 A idealização do Anel Turístico de Maringá e seus Corredores, tendo a Catedral como Marco Zero para diversos roteiros integrados e um Centro de Atendimento ao Turista com serviços, em parceria com o trade turístico – Posto de Informações, Terminal de Vans Turísticas – Pacotes locais e regionais e outros;
 O desafio de Maringá em ter seu Centro de Convenções, que precisa ganhar lugar na agenda de interesses e vontade política, animando parcerias com o empresariado, entidades setoriais e outros níveis de governo. Mais do que nunca o segmento do Turismo de Eventos precisa ser assumido como fonte de riquezas para a Economia Maringaense, auxiliando a superar os problemas ocasionados pela pandemia do Covid19.
 A grande necessidade de dotar a UEM de um Curso Superior em Turismo, proposta formalizada pelo CMTUR em 2014 e que precisa ser viabilizada pelas forças representativas de Maringá e Região.
Lembramos que a continuidade das ações, com o melhor de cada plano já efetuado, vai precisar contar com um CMTUR forte e com o Poder público, para exercer plenamente o papel de Governança, com maior protagonismo dos setores nele representados e poder realizar a II Conferência Municipal de Turismo, visando as bases para o direcionamento do futuro Plano Decenal.

A cultura turística maringaense deve muito aos Simpósios e Fóruns de Turismo, lembrando que já tivemos na cidade dois Cursos Superiores de Turismo (Faculdades Nobel/PUC e Unicesumar).
Maringá tem uma Rede Top em hospitalidade com Hotéis, Restaurantes e Bares, além do seu Aeroporto Municipal possuir o diferencial de ter a sua própria gestão.
Robusta estrutura médica e hospitalar, com clínicas e excelentes cursos superiores na área, diferenciam a nossa Maringá.
Como se pode concluir, Maringá é sinônimo de Qualidade e não existem outras Maringás, que de dia é Cidade Verde e a noite é Cidade Canção.
Refrescar a memória nos ajuda a incorporar aprendizados, retomar propostas e aguçar a ousadia por tudo que vai depender de nós.
Que assim, o Dia 18 de Abril seja um marco da Maringá Turística e que juntos, Poder Público, Sociedade Organizada e Inciativa Privada, tenhamos sabedoria e inteligência para implantar a Região Turística Caminhos do Ingá – a ser uma referência na Regionalização do Turismo Inteligente, tendo Maringá como o seu Destino Indutor.

Jacó Gimennes, Fundador e Consultor da RETUR, Conselheiro da UEM, Coordenador do Instituto Prosperare, Diretor Adjunto da ABAV-PR, Presidente do CMTur-Maringá (2014-2016) e Presidente da Paraná Turismo (2015-2018).


Compartilhe;