Cinegrafista é agredido e derrubado com câmera ao chão

Compartilhe;

Incomodado por ter sido filmado num acidente de trânsito supostamente causado por ele, um rapaz partiu para cima do repórter cinematográfico Rodrigo Marques, de Londrina. Rodrigo segurava a câmera e foi derrubado com o equipamento ao chão. O motorista tentou pegar a câmera, mas foi contido por outras pessoas. A cena de violência foi registrada pela Rede Massa (SBT), ontem à noite. O agressor é João Rubens Rodrigues Coloniezi, motorista de um Fiat Pálio. Ele teria avançado a preferencial e se chocado com uma moto, ferindo gravemente uma mulher, passageira do veículo. João Rubens apresentava sinais de embriaguez. Rodrigo, o cinegrafista, gravava para a RIC TV (Record). Ele teve o ombro deslocado e precisou ser levado ao Hospital Mater Dei. Ao ser preso em flagrante, o motorista ainda questionou um policial militar, em tom de surpresa, sobre ser colocado atrás de uma viatura: “Aqui atrás? Por que atrás, mano?”. João Rubens se negou a fazer o teste do bafômetro, mas admitiu para a Polícia Civil ter ingerido bebida alcoólica. Filho de João Coloniezi, ex-prefeito de Ibiporã, e da ex-secretária de Educação do município, Margareth Coloniezi, o rapaz continuava preso até o início da tarde. Veja as imagens da agressão.


Compartilhe;