Ato vai celebrar memória de gays vítimas da homofobia

Compartilhe;

Em memória das pessoas gays mortas e agredidas por atitudes de preconceito, uma manifestação pacífica está sendo organizada em Maringá para o domingo (16), a partir das 10 horas, na esquina da avenida São Paulo com a rua Neo Alves Martins, ao lado do Parque do Ingá. O ato visa marcar o Dia Internacional de Combate à Homofobia, data instituída no dia 17 de maio de 1990 quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a homossexualidade da lista internacional de doenças. Até então, uma série de países ainda tratava homossexuais como pessoas com desvios patológicos mentais, permitindo preconceitos e violações como terapias de reversão, a conhecida “cura gay”. Somente nos últimos anos a LGBTfobia fez diversas vítimas em Maringá. Algumas delas: Carlos Henrique Hortencio, farmacêutico morto a facadas e enterrado no próprio quintal em 2018; João Paulo Bezerra, estudante da UEM perseguido, agredido verbalmente e espancado no dia 28 de abril de 2021; Jadson Gabriel dos Santos Machado, também estudante da UEM espancado e quase morto após suposto assalto, no dia 9 de janeiro deste ano; jovem de 14 anos (por ser menor não será identificado), espancado em um ponto de ônibus em 2017 (o Conselho Tutelar classificou o caso como Homofobia); Dayane Ramos dos Santos, lésbica morta a facadas em 30 de novembro de 2014; Willian Rangel Dorneles Moraes (a imprensa utilizou o nome de nascimento, desrespeitando o nome social da travesti assassinada no dia 22 de outubro de 2018); Robertha Velmont Moraes, travesti encontrada morta com dois tiros na cabeça em Maringá; e Thiemi Oliveira, travesti campo-grandense assassinada em Maringá em agosto de 2016. Há outros casos subnotificados ou não denunciados devido ao medo das vítimas. Diversas entidades organizadas da sociedade civil estão envolvidas na manifestação tanto em memória das vítimas que morreram quanto em homenagem às sobreviventes. O ato será fixo no local, sem caminhada, devendo ser encerrado às 12 horas.


Compartilhe;