Acusado de atropelar e matar travesti será julgado hoje

Compartilhe;

O motorista de caminhão Murilo Eduardo Rolemberg Guimarães senta hoje no banco dos réus, em Sarandi, para ser julgado pela acusação de um crime que chocou a cidade no dia 30 de março de 2019. Ele teria atropelado e matado a travesti negra Patrícia Rafaela dos Santos (foto). O motivo seria o fato de Murilo ter negado a pagar o valor combinado pela relação sexual com Rafaela, como era conhecida a vítima de 24 anos. Pelos relatos de testemunhas e imagens de câmeras, a polícia identificou a carreta bi-trem utilizada no atropelamento. Murilo foi preso cerca de um mês depois no interior da Bahia e transferido para Sarandi. O julgamento começa às 9 horas.


Compartilhe;