Acuado, o Czar é imprevisível

Compartilhe;

Foto: Mikhail Klimentyev/Sputinik

Nas análises menos apaixonadas e mais sombrias da realidade no conflito na Ucrânia o que se teme é qual será a reação de Putin ao se ver cada vez mais acuado no cenário da guerra. No front, os cálculos são de que a Rússia já perdeu 10 mil soldados, além de centenas de equipamentos militares destruídos. Diversos generais tombaram, alguns nos primeiros dias da invasão. Putin não esperava uma resistência tão forte dos ucranianos. O autocrata tem armas químicas e coisas do gênero para liquidar de vez a fatura, mas pagaria o preço de uma forte reação global, leia-se OTAN. A isso, se soma as sanções econômicas e a crescente fuga das empresas ocidentais da Rússia. Como escreveu o carioca Juarez Campos, o pior é que ninguém sabe o que se passa na cabeça de Putin neste momento.


Compartilhe;