A capa da Piauí de novembro

Compartilhe;

Talvez um barril de pólvora prestes a explodir, como já especularam alguns cientistas sociais brasileiros, a verdade é que por onde se anda, até na nossa “rica” Maringá, há sinais da fome e da extrema pobreza em cada semáforo. Icônica, terrivelmente icônica, a capa da revista Piauí deste mês é um libelo à arte em sua expressão mais genuína, aquela capaz de denunciar a crise social e a falta de perspectiva política numa única imagem. A capa refresca nossa memória sobre os tristes epísódios, cada vez mais constantes, das últimas semanas. Pessoas à procura de restos de ossos e carnes no Rio ou catando comida dentro de caminhões de lixo em Fortaleza e o grito desesperado de um homem por alimento em Brasília. É a fome!. Ilustração: Vito Quintans.


Compartilhe;