• The Intercept revela ajuda generosa da Petrobrás ao dono de usina em Marialva
    Dono da BSBios, a empresa que mais produz biodiesel no Brasil, cujo conglomerado tem inclusive uma usina deste tipo de combustível em Marialva, Erasmo Carlos Battistella é o foco de uma grande reportagem postada hoje (26) pelo site The Intercept Brasil. A reportagem, assinada por Vinicius Konchinski, revela que o empresário possui uma série de negócios lucrativos com a Petrobrás e ostenta intimidade com o poder em Brasília. Segundo o The Intercept, Battistella, de 43 anos, chegou aonde está, cada vez mais detentor da fama de “o rei do biodiesel”, porque tem recebido empurrões da estatal brasileira. A título de …

    The Intercept revela ajuda generosa da Petrobrás ao dono de usina em Marialva Leia mais »

  • Que República! à venda o feijão antes usado como ração
    Já tem supermercados no Brasil vendendo o chamado feijão bandinha, outrora descartado ou usado na fabricação de ração. Sem condições de pagar pelo valor proibitivo do feijão tradicional, acossadas pelo acúmulo inflacionário de 16% nos últimos 12 meses sobre a cesta básica, as pessoas estão à procura de produtos mais baratos, ainda que de pior qualidade. Num mercado da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, o quilo do feijão bandinha é vendido a R$ 2,99, um terço do valor cobrado pelo tradicional.
  • Livro mostra drama dos sem certidão de nascimento
    Jornalista, professora universitária e pesquisadora, Fernanda da Escóssia lançou o livro “Invisíveis. Uma etnografia Sobre Brasileiros sem Documento” (Editora FGV, 2021). A obra narra dramas como o de “uma mulher que precisa de cirurgia para tratar um câncer, mas foi rejeitada nos hospitais por não ter documentos. Outra que, à procura de sua certidão de nascimento, encontra a irmã de quem fora separada havia mais de vinte anos”. São histórias como estas emergindo desta etnografia ao mesmo tempo avassaladora e delicada, “que mergulha no cotidiano de exclusão de brasileiros indocumentados, ilegíveis pelo Estado, invisíveis em seu próprio país”. O livro …

    Livro mostra drama dos sem certidão de nascimento Leia mais »

  • Santas casas e hospitais filantrópicos terão auxílio de R$ 2 bilhões
    Para o deputado estadual Michele Caputo (PSDB), a aprovação do auxílio de R$ 2 bilhões às santas casas e aos hospitais filantrópicos aprovado, ontem, (22) pelo Senado Federal, é um alento para a rede hospitalar complementar aos hospitais públicos. Ele lembra que estas instituições foram determinantes para o sucesso do combate da pandemia. Na avaliação do parlamentar, sem o apoio dos hospitais filantrópicos o país não teria condições de atender a demanda de leitos de UTI, cirurgias, transplantes, e também na promoção da saúde materno-infantil. Pelo projeto de lei aprovado, o auxílio emergencial de até R$ 2 bilhões serão para …

    Santas casas e hospitais filantrópicos terão auxílio de R$ 2 bilhões Leia mais »

  • Documento pede apoio para indígenas terem assento no Conselho Tutelar
    Um carta solicitação circula pelas redes sociais colhendo assinaturas de apoio, a ser apresentada na oitava edição do seminário estadual do ECA- 2021, para pedir que em todos os conselhos tutelares em que haja terras indígenas no Paraná seja reservada uma cadeira ao representante destas comunidades. A carta se fundamenta no exercício da presidênca do conselho tutelar do município de Mangueirinha por um indígena. A ideia é promover o debate e o fortalecimento para a garantia de direitos às crianças e adolescentes indígenas.
  • MEC aprova residência no Hospital Psiquiátrico
    O Ministério da Educação e Cultura (MEC) aprovou a residência em Psiquiatria do Hospital Psiquiátrico de Maringá (HPM), reconhecendo a qualificação da instituição também no ensino. A residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização. O programa é gerenciado pelo MEC, mas o seu regimento é determinado pela Comissão Nacional de Residência Médica, a CNRM, instituída em 1977. No HPM, o médico residente terá o acompanhamento do corpo clínico do hospital e a vivência de situações reais da psiquiatria. O programa será coordenado pelo diretor técnico do hospital, médico …

    MEC aprova residência no Hospital Psiquiátrico Leia mais »

  • Vai ter protesto local contra os cortes para a pesquisa
    Sindicatos e entidades de classe de Maringá estão se mobilizando para um protesto na terça-feira (26), na frente da Reitoria da UEM, contra o corte de R$ 600 milhões no orçamento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Aprovada pelo Congresso Nacional, a pedido do ministro da Economia, Paulo Guedes, a medida foi sancionada no dia 15 de outubro pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O corte de 92%, para remanejar os recursos a outros ministérios, é tão grave que o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) avisa que se até 1º de novembro os valores não forem …

    Vai ter protesto local contra os cortes para a pesquisa Leia mais »

  • Direito das mulheres usarem “Meu Campinho” vai à 2ª votação
    Se passar pelo crivo dos vereadores na sessão de amanhã (quinta), o projeto, aprovado em primeira discussão ontem, dará direto às mulheres de Maringá a jogarem futebol uma vez por semana no “Meu Campinho”. Apresentada pela vereadora Professora Ana Lúcia (PDT), a proposta garante prioridade do acesso ao Meu Campinho às meninas e mulheres toda quarta-feira. Conforme a vereadora, o projeto visa construir medidas educativas quanto à paridade de gênero no uso dos campinhos públicos da cidade.A matéria atende a um pedido da comunidade por conta das dificuldades que as atletas encontram quando tentam usar alguma das 21 unidades do …

    Direito das mulheres usarem “Meu Campinho” vai à 2ª votação Leia mais »

  • Maringá pode perder um deputado estadual
    Maringá ficará com um deputado estadual a menos se o Tribunal Superior Eleitoral confirmar a cassação do Delegado Francischini (PSL). A votação foi suspensa ontem, quando o TSE decidiu também pela perda do mandato do deputado Subtenente Everton. Saindo Francischini, acusado de divulgar fake news, o quociente eleitoral cai, alterando a composição na Assembleia Legislativa do Paraná. Assim, reduzirá o número de representantes da chamada União Brasil na Alep. Um dos quatro que perderiam a vaga, além de Francischini e Everton, é Do Carmo. Eleito por Maringá, Paulo Rogério do Carmo, 45 anos, é empresário do ramo de transportes, educação …

    Maringá pode perder um deputado estadual Leia mais »

  • Ficou barato para Bolsonaro
    Ao retirar a acusação de homicídio e genocídio contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) do relatório final, a CPI da Covid-19 deu uma baita aliviada para o mandatário da Nação. Curioso que a grande mídia não está falando isso. Seria mesmo difícil para ele fazer campanha em 2022 à reeleição com a pecha de homicida ou genocida estampada na testa. Sem contar o fato de que vai ficar bem mais fácil a situação para o procurador geral da República, Augusto Aras, a quem cabe dar destino às acusações contidas no relatório. Não é à toa que Bolsonaro está rindo …

    Ficou barato para Bolsonaro Leia mais »